Infinite Love For… (17)

Resolvi mudar um pouco o formato do ILF. Agora o que eu encontro de bacana e caio de amores, eu posto na fanpage do blog no mesmo dia (sem a pretensão de ser todo dia, mas quem sabe), e depois de alguns dias, posto aqui no blog a lista completa. 🙂

A Revista da Cultura fez uma entrevista muito bacana com a escritora Martha Medeiros, sobre esse troca-troca de autoria, dependência tecnológica e leitores meio possessivos. Uma delícia de ler, assim como suas crônicas.

No final das contas, ‘A Menina que Roubava Livros’ vai mesmo virar filme, e pelo que Markus Zusak escreveu em seu tumblr, vai ser lindo e trazer as emoções do livro de novo pra gente ❤ Ah, e que delicadeza dele contar as novidades “como nos velhos tempos”. Só deu mais saudade/ansiedade. O site da Intríseca traduziu as novidades. “Não importa o quanto o filme fique diferente do livro, terão o mesmo sentimento e o que mais eu poderia querer?” A estreia nos cinemas está prevista para janeiro do ano que vem.

A nova campanha do banco HSBC traz um novo olhar para um velho dilema interno: ir atrás dos sonhos x ir atrás do dinheiro. É como se todos nós já soubéssemos a resposta, mas alguma coisa – as dificuldades do dia a dia, provavelmente – nos afastasse dela. A campanha ficou bonita e triste. Assistir a essas crianças nos remete imediatamente aos nossos sonhos de pequenos, e aos nossos sonhos de agora, e pensar que tanto elas quanto nós podemos acabar não vendo a vida passar, como os idosos do vídeo, deve funcionar como um alerta. Espero que muita gente assista e reflita a tempo!

Esse ano, apesar de não estar lendo tanto quanto eu gostaria, tem sido um ano bem literário pra mim, por conta dos projetos envolvendo literatura em que estou envolvida e tudo. Eu até que tô lendo bastante, mas naquele ritmo de 30 livros ao mesmo tempo e nenhum até o fim ainda. Não é como eu gosto, mas é como tem dado pra fazer, especialmente porque a maioria dos livros são pra faculdade. Falando em faculdade, uma professora outro dia indicou o curta “The Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore”, que eu nunca tinha visto, mas eu já havia lido o livro traduzido, “Os Fantásticos Livros Voadores de Modesto Máximo” em uma das muitas horinhas que tenho passado sentada/deitada na Cultura folheando, folheando, às vezes lendo livros inteiros lá dentro. Mas nem é tão difícil, já que, bem, vou desabafar aqui: já que lá na Cultura eles nos tratam como leitores e não apenas como consumidores, como em outra livraria cofsaraivacof que eu gosto e vou sempre, mas que acho uma sacanagem das grandes aquele cd insuportável da Demi Lovato tocando em cima do ÚNICO sofá do que eles chamam de megastore, bitch pls! Pronto acabou. Voltando, parei pra assistir ao curta e ohhhhhhh chorei e tudo. Coisa linda, não foi à toa que ganhou Melhor Curta de Animação no Oscar de 2012. Pra quem quiser se emocionar também, é só clicar aqui.

Falar um idioma fluentemente, ter morado fora, fazer citações de livros, fazer referências de diretores de cinema, demonstrar um pouco de conhecimento sobre um tema X do seu interesse… Qualquer pessoa que já viveu uma situação dessas, ou tem esses hábitos, já deve ter recebido olhares feios ou algo assim, de gente que nunca fez isso – mas que poderia até ter feito, mas escolheu outro estilo de vida. Aquela sensação de que “estávamos nivelados, até eu fazer um comentário normal que fez você se sentir inferior – sei lá por quê – e ainda me culpar por isso”. Chaaaato. Em ‘Somos Tão Jovens’, há até uma cena em que a Aninha fala Francês errado de propósito, e quando questionada sobre, pelo Renato Russo, ela explica: ” se falar certo, fica parecendo esnobe”. Isso é bastante comum. Eu, por exemplo, considero o meu intercâmbio, por exemplo, um divisor de águas na minha vida, e muitas vezes me pego falando coisas como “ah, eu fiz isso antes da viagem” ou “não, só fiz tal coisa depois de Santa Barbara”, que é uma referência perfeitamente natural pra mim, só que às vezes percebo na reação das pessoas, que essa simples menção mudou o tom da conversa. Blé. Pra quem também passa por isso, ou pra quem faz isso (pare!!), a Carmen Guerreiro publicou em seu blog um texto brilhante: ‘A Arrogância Segundo os Medíocres’.

Aos 21 anos, já temos uma certa idade, mas ainda somos jovens. Já temos uma certa ideia das coisas, da vida, do que queremos dela, mas ainda temos tempo de mudar tudo, se sentirmos que é a coisa certa a fazer. Temos algumas certezas, e muitas dúvidas. O humorista Fábio Porchat escreveu para o ‘Estadão’, sobre isso, as coisas que ele gostaria de saber aos 21.

Um pouquinho antes da onde de protestos começar aqui no Brasil, o Google lançou um lindo comercial com manifestações populares como tema principal.

Nesse tempo, saiu ‘Paper Doll’, a nova música do John Mayer.

Saiu também o primeiro trailer de ‘Jobs’, o filme sobre Steve Jobs que deve estreiar em agosto desse ano.

Anúncios

ILF Riot.

V de Vinagre, Primavera Brasileira, Revolta da Salada… Chame como quiser, mas tem uma coisa bem grande acontecendo no Brasil neste momento. Milhares de brasileiros, especialmente em São Paulo, foram para as praças e avenidas gritar e erguer placas, chamar atenção para assuntos que todos nós – sem exceção – sempre vimos e ouvimos e reclamamos todos os dias, mas entre nós mesmos. A mais alienada das pessoas sabe que o Brasil está vivendo um momento incrível, que a economia está a melhor em muitos anos, que o Brasil é “o lugar” para se estar, e está nos planos de viagem de gente do mundo inteiro. Mas como, exatamente, isso reflete no nosso dia a dia, de forma positiva? De forma nenhuma, praticamente. Quem depende de serviços públicos de educação, saúde etc não vê resultado nenhum, é só a mesma precariedade.

O problema, pela milésima vez, não são 20 centavos. Mas sim o descaso geral com a sociedade, os investimentos nas áreas erradas, a cobrança de taxas, tarifas e impostos que aumenta, mas a qualidade dos serviços continuam iguais. Eles dão um jeito no que não é tão importante, ignoram o que deveria ser priorizado, fazem coisas erradas, ou não fazem nada, e NÓS bancamos tudo isso. É você, e seus pais e os membros da sua família que acordam antes do que gostariam, trabalham e se estressam o ano inteiro, para no final só receber 7 salários inteiros, porque o resto foi gasto com impostos absurdos. Pagar impostos é uma necessidade, e devemos mesmo pagar, e em alguns (poucos) países, paga-se mais impostos do que no Brasil, só que aqui não vemos esse dinheiro ser bem aplicado, e é isso que suportamos por anos e não aguentamos mais.

E as pessoas que têm a coragem necessária para tentar mudar essa situação estão sendo vítimas de violência por parte da Polícia Militar. Claro que quebra-quebra e atos de vandalismo não são a melhor saída, mas foram poucos os manifestantes que chegaram a tal ponto, essa NÃO é a ideia principal. A ideia é sacudir e finalmente reverter essa situação vergonhosa pela qual o nosso país está passando. Um país bonito, com diversas qualidades de dar orgulho, coisas que não vemos em lugar nenhum no mundo, porém que nos faz sentir tanta vergonha pela sua história política, por tanta violência, repressão, corrupção, desfalques em áreas básicas como saúde, educação e segurança.

MUDAR É PRECISO.

Fiz aqui uma compilação de links, textos e imagens que se destacaram enquanto eu acompanhava/acompanho as notícias.


(Armandinho querido)

Tumblr The Salad Uprising + Página no FB – brasileiros informando estrangeiros sobre o que está havendo por aqui.

Alguns vídeos do protesto foram postados no Não Salvo, além de um manual de como se defender do spray de pimenta.

Imagens chocantes da violência da PM contra os manifestantes. Acho que o que está em Inglês deveria ser mais compartilhado, quem sabe desencorajaria turistas a vir aos megaeventos. Megaeventos meio vazios, a decepção pra toda essa expectativa. Queria só ver.


(A jornalista da ‘Folha de São Paulo’ Giuliana Vallone, atingida no olho por um tiro de bala de borracha, vindo da PM)

Milhares já escolheram sapatos que não vão apertar” – ótimo texto do site Impedimento.

Marina Silva, ex-senadora: “As pessoas não estão suportando mais essa situação de impotência para transformar politicamente aquilo que de fato elas querem que seja transformado”.

Vídeo ‘Vem pra Rua’!

Texto de Jô Soares:

“E o mundo parece que acordou depois da primavera árabe. As pessoas do ocidente se tornaram menos pseudo e mais revolucionárias, estão saindo para as ruas pra lutar por aquilo que acham justo e, entenderam que os movimentos de massa trarão algum tipo de mudança, seja ela boa ou ruim. O povo brasileiro começa a mostrar a sua cara (minoria ainda), e eu acho isso fantástico. Eu não concordo com a série de vandalismo e depredação que vem ocorrendo, mas os governantes esperam o que? A revolução de Havel? Como cobrar educação do povo, se nunca proporcionaram isso a eles? Como querer cobrar integridade, honestidade, se oferecem “bolsa presidiário” com valor mais alto que o salário mínimo? É muita hipocrisia!
O pior ainda é ver grande parte da imprensa relatando os fatos, que em outras partes do mundo, eles chamam de manifestações, mas aqui no Brasil chamam apenas de vandalismo! Jornalismo imparcial? Jamais! Como esperar imparcialidade de empresas vendidas aos latifundiários, políticos e burgueses… Ahhh claro, novelas e futebol! E viva o circo… Pois diferente do povo… O pão eles já tem!”

Fotojornalismo e estética, as fotos mais bonitas do protesto.

A Página ‘Dia do Basta SP‘ fez um manual de como se proteger em manifestações.

Dilma vaiada na abertura da Copa das Confederações.

24 momentos do protesto em SP que você não verá na TV.

Carta aberta do Emicida, aqui no Catraca Livre.

“Muitos dos que lotam as ruas hoje disseram “não” a José Serra por “pensar novo”, como sugeria a campanha de Haddad. Não creio que “pensar novo” seja fechar as portas para o diálogo ou se referir aos manifestantes como vândalos, indo na mesma direção da opinião dos que abominavam e ainda abominam o fato de a cidade ser gerenciada por ele.”


(Não aguento quando)

Cidades ao redor do mundo terão protestos apoiando as manifestações brasileiras.

Anistia Internacional critica repressão aos protestos.

A jornalista Carmen Guerreiro também falou sobre as manifestações em seu blog AnsiaMente.

O que os jogadores da seleção estão pensando sobre as manifestações?

Infinite Love For… (16)

Eu tenho visto muitas – muuuuitas – coisas legais e tenho tido também o “click de ILF” que é, obviamente, uma sensação que eu tenho quando sinto que uma (ou várias) dessas coisas legais deveriam entrar pra lista do Infinite Love For… Tanto pra março quanto pra abril, eu comecei a escrever algumas coisas, a pasta de rascunho está cheia, mas às vezes não sinto lá tanta vontade, e com a faculdade, trabalhos, provas, tudo fica mais complicado, o tempo fica mais curto… De qualquer forma, resolvi fazer o ILF dessa vez com mais de três itens, um apanhado de algumas coisas que apareceram, me deixaram animada, foram interessantes. Vai ficar gigante, mas lá vai:

Os trailers de ‘O Grande Gatsby’. O QUE SÃO AQUELES TRAILERS? O filme vai ser a coisa mais linda do mundo, só pode. A trilha sonora está impercável – produzida por Mr and Mrs Carter, aka Jay-Z e Beyoncé. E eles conseguiram superar a minha imaginação em relação à mansão e às festas do Gatsby. Coisa mais linda! Quem ainda não viu, tem logo três trailers pra nos deixar ainda mais ansiosos… Será que o Leo, ganha um Oscar dessa vez? Hahah, adorei todo o elenco, o Tobbey McGuire parece ser um Nick perfeito, e a Carey Mulligan está toda delicadinha como a Daisy, e estou anciosa pra ver a Isa Fisher como Myrtle, já que ela não aparece tanto nos trailers. Mas olha, ainda fico boba vendo todo esse capricho com a estética do filme. Trailers 1, 2 e 3.

A versão de Happy Together que toca no filme! É uma das minhas músicas favoritas de todos os tempos, uma das primeiras que aprendi a cantar em Inglês, com um cd da Barbie que eu ganhei com 9 anos… Existem várias versões de ‘Happy Together’ por aí, eu mesma tenho algumas, como a da Barbie mesmo, a do Simple Plan que toca em ‘Sexta -Feira Muito Louca’, só que  essa do Filter vence todas elas pra mim, estou viciada! A trilha inteira do filme me deixa asdfghjklç, tá boa demaaais!

A Alicia Keys confirmada pro Rock in Rio. E todo o resto dos shows que verei. Estou animada. Muito muito muito animada. Quase chorando de emoção só de escrever… HAHAHA. Sério. Pra compensar 2011 – que foi demaaais, mas fiquei com aperto no coração de não ir em vários dias incríveis – pro RiR 2013 arrisquei mesmo, juntei dinheiro, ganhei ingressos de presente, comprei o Club, fiquei na luta dia 04/04… Todo o esquema pra garantir alguns dias inesquecíveis em setembro desse ano. No final das contas, vou nos dias 14, 15 e 21. Outra coisa que me deixa muito feliz é que dessa vez meu irmão vai comigo em dois dias e alguns outros amigos também estão indo, além da Mila, é óbvio. Os shows que mais estou ansiosa pra ver são nessa ordem: JOHN MAYER, BRUCE SPRINGSTEEN, CAPITAL, ALICIA KEYS, FLORENCE + THE MACHINE, PHILLIP PHILLIPS, JESSIE J. Em CAPS porque me sinto assim. Vai ter também Skank, Jota Quest, Muse, Justin Timberlake… Isso só no Palco Mundo. Ainda tem The Offspring no Sunset e a Rock Street linda. Vale muito a pena ❤ a gente fica meio pobre, e cansada (desafio da minha vida será ir dois dias seguidos) e acabada mesmo, mas é isso, é bom demais pra deixar passar!! Que venhaaaa! ❤

Ah, e se você estiver indo ao Rock in Rio, ou a qualquer outro show ou festival, vale a pena dar uma lida nessa matéria da Rolling Stone Brasil. Não seja uma mala na multidão, evite praticar qualquer um d’Os dez comportamentos mais chados do público em shows.

Não lembro se eu já falei do Fabio Araújo aqui, talvez sim, porque é um dos meus canais favoritos Youtube todo. Há muito tempo eu acompanho os vídeos dele e são todos rapidinhos e com um senso de humor único (não são obviamente engraçados, mas você não consegue ficar sem rir – bem, eu não consigo). Às vezes você assiste por um minuto sem rir, mas no final tem um toque e pronto!, risadinhas.  Praticamente todos os vídeos do Fabio deixam a gente com aquela sensação de que foi simples e genial! Então, para aquelas tardes que você está ~aparentemente~ sem muita opção de entretenimento na internet, assista de uma vez todos os vídeos do canal dele, e assine pra sempre ficar sabendo quando tiver um novo.

Muitos anos atrás, eu estava na praia, e queria ficar no mar, mas na parte rasa mesmo, só que havia muito lixo lá, plástico em tudo quanto era formato. Eu fiquei bastante irritada, porque qualquer brincadeira ou momento tranquilo naquela área estava impraticável. Aí eu comentei com alguém que deveriam construir uma peneira gigante para limpar os oceanos, e acho que toda criança já deve ter pensado nisso. E os adultos que estavam por perto, é claro, riram da ideia, já que era “impossível”. Acontece que Boyan Slat, um garoto de 19 anos inventou essa “peneira gigante”, que pode levar só 5 anos para limpar todos os oceanos – se as pessoas colaborarem e não poluirem ainda mais, é claro.  Vi o vídeo dele no TED e encontrei essa matéria na Revista Galileu, pra quem quiser saber mais.

Falando nisso, ir ao site do TED, pra mim, é igual a ir ao Youtube assistir a trailers: não consigo ficar só em um ou dois… Fico o resto do dia assistindo… Aquelas sugestões de vídeos relacionados são muitas vezes irresistíveis. Outro dia, numa dessas maratonas, assisti a um vídeo do TEDxESPM que nunca tinha visto antes, sobre a ‘Esquadrilha da Risada – Rindo o tempo passa voando’ (só esse nome já é genial!), uma trupe de palhaços, responsável pelo entretenimento das pessoas que estão no aeroporto, esperando gente chegar, esperando a hora de voar, esperando, esperando, esperando… Para nós, adultos, toda essa espera já é terrível – especialmente quando o voo atrasa -, mas é mais fácil de entender e aceitar o que está acontecendo (“paciência, né?”, “fazer o quê?”), mas imagina que insuportável deve ser para as crianças que passam por isso… Então nada mais legal do que pessoas que se preocuparam com isso, que querem alegrar aquelas horas que perdemos na espera. O vídeo é bem legal, mostra o trabalho da Esquadrilha e no fim ainda mostra um joguinho divertido que eles fazem com os passageiros!

Olivier Teboul, um francês que mora no Brasil (mais precisamente em Belo Horizonte, Minas Gerais) listou 65 das suas impressões sobre o nosso país em seu blog, e foi uma das coisas que mais gostei de ler nas últimas semanas. Alguns itens nos fazem sentir orgulho de ser assim mesmo, outros nos fazem ver o quanto tem coisa aqui no Brasil que é bem absurda, mesmo que para nós, brasileiros, soe como algo comum, natural.

Sabe quando você olha num espelho e se acha surpreendentemente linda? Lógico, você deve estar bem bonita mesmo, mas a iluminação do ambiente tem uma parcela de responsabilidade nisso. A luz pode favorecer, ou não, a nossa aparência. No caso negativo, por exemplo, muitas vezes estamos bem, mas quando tiramos uma foto, não fica tão legal… Isso é bastante comum. Isso fica bastante perceptível ao assistirmos esse vídeo criado por Nacho Guzmán. É interessante ver o quanto sombra e luzes (quente ou fria, vindo de diferentes direções) influenciam na aparência da atriz; parece que são pessoas diferentes, com idades diferentes…

Acho que todo mundo já viu (e já ama) o Armandinho, né? Com os seus questionamentos, sensibilidade, esperteza infantil, as tirinhas são lindas, comoventes, engraçadinhas… Sempre me surpreendo, nunca é repetitivo. Mesmo agora, com uma série de tirinhas sobre o Armandinho e sua nova amiga (?) barata, v

Vejam essa foto de um safári onde os humanos ficam presos. Achei tão boa ideia!! Pra quem não tem facebook.

Os Príncipes William e Harry, junto com a Duquesa de Cambridge, Kate Middleton foram visitar os estúdios de Leavesden, em Watford, na Inglaterra a convite da Warner Bros. No estúdio foi filmada a maior parte dos filmes de Harry Potter. Olhem só que coisa mais ❤ os gifs 1 e 2 gif. No evento – uma ‘inauguração’, pois a Warner Bros ampliou os estúdios, que ficará aberto a visitação – também estavam alguns atores e a autora da série, J. K. Rowling. Vejam ela e Kate combinando nas bolinhas. Li aqui 🙂

Cenas de filmes da Disney feitas com giz!

‘Biblioteca portátil’, parece ser tão aconchegante… Quero! ❤

Bansky Animado!

Infinite Love For… (15)

Assistir a ‘The Carrie Diaries’ sempre me inspira a pensar com mais carinho em que roupa usar, e de lá sempre acabo tirando alguma ideia legal para customizar ou combinar coisas que nunca pensei antes. E, é claro, também dá vontade de ter várias peças da Carrie, das amigas e da Dorrit – acho que especialmente dela. Às vezes chego a gostar de alguma coisa que a Donna usou também… Com o episódio “Caught” – do Baile de Inverno – foi difícil não gostar dos vestidos. O meu favorito foi o da Maggie, mas gostei muito do que a Carrie vestiu também… E dando uma olhada na internet, achei fotos da coleção da qual ele faz parte. É do estilista Georges Chakra, temporada de Primavera/Verão 2012, e tem cada coisa linda; que na verdade eu não sei onde ou quando eu poderia usar, mas que é bonito de ver, ah é sim.

Por conta de estreia de ‘Oz – Mágico e Poderoso’, que acontece essa semana, o elenco do filme tem passado bastante tempo dando entrevistas. E essa maratona deve mesmo ser exaustiva, especialmente porque perguntas se repetem e quase nunca acontece algo diferente. Mas dessa vez, o repórter Chris Stark, do programa de Scott Mills da BBC1 estava tão nervoso e enrolado na hora de entrevistar Mila Kunis (que interpreta a Bruxa Malvada do Oeste no longa) que a entrevista acabou virando a que a atriz mais gostou. Isso porque chegou ao ponto de Chris ignorar as perguntas que deveria fazer e apenas ficou conversando com Mila sobre seu time, um ótimo lugar pra comer franco e cerveja favorita. No fim das contas ela ainda disse “vou começar a responder perguntas que eu sei que era pra você fazer” e saiu falando sobre a gravação do filme… Me diverti vendo, assista aqui.

Ohhh, pela primeira vez na vida eu ganhei um concurso cultural! E assim, no último sábado fui assistir ao ‘Rock in Rio – O Musical‘. A sessão foi especial para membros do Rock in Rio Club, eu levei meu irmão e nós nos divertimos muito; a peça é cheia de surpresas e muito bem feita, de figurino a cenário, de atuações à trilha sonora, além do texto engraçadíssimo. Pra quem gosta de música, festivais e, especialmente, já foi a um Rock in Rio, a apresentação é imperdível. Alguns dos meus momentos favoritos foram as apresentações de ‘Kiss’ do Prince, ‘Poeira’ da Ivete Sangalo e quando fizeram um medley com canções do Legião Urbana. Todos os atores cantam muito bem e as versões ficaram lindas. O espetáculo está em cartaz na Cidade das Artes e os ingressos estão sendo vendidos no Ingresso.com.

Infinite Love For… (14)

Já estava com saudades de contar sobre as coisas que me animaram ou me inspiraram nos últimos dias, e nesse caso, nas últimas semanas.

Vou começar sugerindo a quem nunca foi a uma loja física da Livraria Cutura, que faça isso o mais rápido possível. Só porque todo mundo que ama literatura merece passar pela encantadora experiência que é entrar lá e passar algumas horas perambulando pelos corredores, sorrindo a cada prateleira. Abriu uma há pouco tempo na Rua Senador Dantas, no Centro e uau. Assim que eu entrei, achei tão cheirosinha, e a cada andada eu descobri que havia mais um ‘salão’ ou mais andares… Vi livros que nunca imaginei ver em lojas, livros que nunca imaginei ver na vida, e edições bem caprichadas, lindas, tudo implorando para ser levado comigo (ou seria eu implorando pra poder levar?). Só sei que mesmo com uma lista enorme de livros pra faculdade, e de livros pra ler em casa, quebrei a promessa de não comprar livros tão cedo e saí de lá com um. I just had to! Sempre gostei muito da Saraiva, da Fnac, mas depois de visitar a Cultura, tenho a impressão de que as outras estão de brincadeira… Ah, corra aqui e escolha uma belezinha dessas pra você visitar.

Ainda não é daquelas canetas de desenho animado que todo mundo quis quando é criança e nunca vai deixar de querer… Aqueeelas que você usa pra desenhar uma porta e tcharam! consegue abrí-la e aparecer em outro lugar, fugir de quem está correndo atrás de você. Mas a 3Doodler é o que chega mais perto disso no nosso mundo real. Além de permitir que o desenho saia do papel, a caneta desafia a gravidade e é uma forma completamente nova (e praticamente ilimitada) de criar desenhos literalmente em 3d que podem virar brinquedos, objetos, maquetes, decoração… Como os idealizadores explicam nesse vídeo demonstrativo, é como uma impressora em terceira dimensão. Quem não é muito habilidoso com desenhos (cofeuzinhacof) pode, por exemplo, contornar formas já existentes em jornais, revistas ou impressões e dá uma vida nova a elas. Ah, e tem várias cores! Falta muito pro Natal?

Vi no Abra a Janela, o que agora é um dos meus sites favoritos sobre fotografia e viagem ao mesmo tempo! O Let’s Travel Somewhere é um site simples e lindo, assim como a sua proposta: escolher uma cidade do mundo, clicar e viajar por lá através de fotos maravilhosas. O problema é que só faz aumentar nossa wanderlust

Infinite Love For… (11)

Na última quarta-feira aconteceu o People’s Choice Awards, e parafraseando o Robert Downey Jr. (que continua sendo hilário em suas aparições), as pessoas escolheram com sabedoria, porque foi tanta gente legal ganhando! O próprio Robert ganhou ator de cinema favorito … Continuar a ler